Crianças no condomínio. Segurança não é brincadeira

Onde tem criança, tem alegria, muito barulho e correria. Toda essa energia é sinal de saúde, mas faz com que a atenção tenha que ficar redobrada, especialmente em locais de grande circulação de pessoas, como é o caso de áreas residenciais. A combinação de agitação e falta de noção do perigo, muito comum nas crianças, pode levar a contratempos. Por isso, é fundamental que pais e responsáveis se mantenham vigilantes sempre. Selecionamos algumas dicas para evitar acidentes com os pequenos, confira.

– Jamais permita que seu filho transite ao redor da piscina sem a companhia de um adulto.

– No playground, um dos lugares do condomínio mais queridos da criançada, também não se pode descuidar. Verifique parafusos, superfícies cortantes, desgastes no material e, quando houver algo do tipo, comunique ao síndico.

– Elevador, nem pensar para os menores de 10 anos. Devem estar acompanhados em cada uso. Atente para as placas e sinalizações de manutenção.

– Escadas podem se transformar em lugares de corrida e brincadeira, um convite para quedas. Oriente seu filho para que não brinque nesses locais. Olhe frequentemente se as luzes e portas de acesso estão em bom funcionamento.

Seguindo esses passos, todo mundo fica feliz e em segurança.