• Pets em apartamentos

Pets em apartamentos, dicas para quem pretende adotar um

Pet é só alegria, ainda mais se você tem filhos pequenos. Eles enchem a casa com sua presença encantadora, alegrando os moradores de um jeito único e com muito companheirismo. Existem diversas espécies que se adaptam bem a ambientes pequenos: hamsters, pássaros e tartarugas, são alguns bichinhos indicados, mas cães e gatos ainda ganham na lista de mais queridos e procurados.

Selecionamos algumas dicas para você que já tem ou pretende adotar um animal de estimação.

Cães

  • Não deixe seu cão preso em um cômodo. Mantenha-o solto pela casa e invista em brinquedos para entretê-lo.
  • Escolha raças de pequeno porte.
  • O cachorro precisa se exercitar. Lembre-se de passear com ele sempre, de preferência no início da manhã ou no fim da tarde. Isso também permite que ele socialize com outros cães.
  • Atente-se para o excesso de latido. Muito barulho, além de incomodar os vizinhos, pode ser sinal de que algo não está bem na saúde do animal.

Gatos

  • O gato aproveita todo o espaço do apartamento, especialmente lugares altos. Tome cuidado com o que você guarda em estantes ou prateleiras, para evitar acidentes.
  • Instale telas de proteção nas janelas do seu apartamento. O gato age como um caçador. Se algo chama a sua atenção do lado de fora, ele vai a seu encontro. Sem a tela, ele pode cair e se machucar.
  • Com uma base de madeira e alguns metros de corda, você pode construir um arranhador para o seu felino afiar as unhas e não danificar seus móveis.

Fonte: O Gateiro e Clube para Cachorros