• casa própria

O que você precisa para realizar o sonho da casa própria? Descubra!

Sabe por que tanta gente sonha em conquistar a casa própria? Geralmente, porque isso implica no fim dos gastos com aluguel, os quais consomem boa parte do orçamento mensal.

Mas não é só isso: um imóvel próprio garante segurança financeira para a família, pois, em caso de necessidade, é possível trocar ou alugá-lo. Além do mais, quem é proprietário pode fazer as mudanças que desejar, da maneira que for mais conveniente. Tem coisa melhor?

Sendo assim, se você também pretende investir na casa própria, este artigo pode ajudar! Continue a leitura e veja os passos necessários para adquirir seu maior bem!

O que é preciso para conquistar a casa própria?

Para adquirir uma casa é preciso passar por algumas etapas. Afinal, não se trata de uma compra qualquer.

O imóvel ideal não apenas tem que caber no orçamento e atender às expectativas dos futuros proprietários, mas também precisa ter boa procedência. Dito de outra forma, ele precisa ter sido construído por uma empresa de confiança.

A seguir, entenda porque esses detalhes são imprescindíveis para o sucesso da sua conquista. Não tenha pressa e dedique-se a cada etapa.

Deixe o orçamento em dia

Antes de se comprometer com o pagamento de um imóvel, é preciso se organizar financeiramente. É importante rever quais são suas despesas e receitas e, se preciso, colocar o orçamento em dia. A partir daí, pode-se definir a melhor forma de fazer negócio.

Defina o imóvel ideal

O conceito de imóvel ideal é subjetivo, baseado nas necessidades, gostos e desejos dos futuros moradores. Para defini-lo, analise as seguintes características:

  • a localização preferida e as aceitáveis, atentando-se para os prós e contras da região;
  • a posição do imóvel em relação ao sol (principalmente, em apartamentos);
  • a quantidade de moradores (solteiro, casal sem filhos, família com um ou mais filhos e/ou animais de estimação etc.), o que é imprescindível para estipular o número de quartos;
  • a rotina diária, ou seja, se passa a maior parte do tempo dentro ou fora de casa;
  • os hábitos de vida, principalmente, se gosta de viajar nos fins de semana e feriados ou se é mais caseiro e prefere curtir os espaços de lazer no condomínio;
  • a infraestrutura no entorno, observando se existem comércios e serviços nas proximidades que sejam adequados às suas necessidades; entre outras características.

Conte com uma construtora confiável

Em qualquer negócio, seja para financiar um apartamento ou uma casa, ter um parceiro de credibilidade é imprescindível. Esse papel, apenas uma construtora de confiança pode assumir.

Como funciona o financiamento da casa própria?

O financiamento imobiliário é uma estratégia que viabiliza a aquisição de um bem de primeira necessidade, mas cujo valor, para a maioria das famílias, é considerado alto demais para ser quitado à vista. Sendo assim, existem diversas alternativas para financiar a casa própria, tais como:

  • consórcio, modalidade na qual não há necessidade de dar um valor de entrada, mas a contemplação da carta de crédito depende do sorteio da cota ou do lance mais alto;
  • linhas de crédito imobiliário, liberadas por bancos ou pelas próprias construtoras, mediante o pagamento da entrada e de parcelas subsequentes, sobre as quais recaem juros e correções anuais;
  • Casa Verde e Amarela, programa de financiamento habitacional do Governo Federal.

Como o Casa Verde e Amarela pode ajudar?

O antigo Minha Casa Minha Vida foi criado em 2009, com o intuito de viabilizar a compra do primeiro imóvel. Atualmente, ele se encontra na terceira fase, a qual começou em 2016. Atualmente, o programa de financiamento habitacional do Governo Federal se chama Casa Verde e Amarela.

Seu maior diferencial são as taxas de juros menores do que as praticadas no mercado. Assim, ainda que os benefícios variem conforme a faixa de renda, o programa costuma se mostrar mais compensatório do que os financiamentos bancários.

Atualmente, em relação a habitações urbanas, podem participar pessoas ou famílias com as seguintes faixas de renda (bruta):

  • faixa 1,5: até R$ 2.000,00 e subsídio de até R$ 47.500,00 (variando em função da renda e da região do imóvel);
  • faixa 2: até R$ 4.000,00 e subsídio de até R$ 29.000,00 (de acordo com a renda e localização do imóvel);
  • faixa 3: até R$ 7.000,00.

Outro aspecto positivo de financiar um imóvel pelo Casa Verde e Amarela é que o valor das taxas e dos juros são mais baixos e os prazos de pagamento são maiores. Assim, as parcelas pesam menos no orçamento familiar.

Além disso, é possível usar os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) na entrada. E tem mais: o valor da entrada não precisa ser dado à vista, mas pode ser facilitado.

Quais são os documentos necessários para a compra da casa própria?

Para conseguir o financiamento e efetivar a compra da casa própria, deve-se estar com a documentação regular. Uma boa estratégia é verificar a papelada exigida com a ajuda dos especialistas da construtora, para evitar entraves com a burocracia e consequentes retrabalhos.

De maneira geral, o candidato ao financiamento precisa apresentar os seguintes documentos:

  • documento oficial de identidade;
  • CPF;
  • comprovante do estado civil;
  • comprovante de residência;
  • comprovante de renda;
  • declaração do imposto de renda (IR) ou declaração de isento;
  • declaração pessoal de saúde, caso o financiamento seja pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE);
  • documentação do vendedor;
  • documentação do imóvel.

Caso deseje usar o FGTS como entrada, a lista aumenta. Além dos documentos mencionados, ainda é preciso apresentar:

  • cópia da carteira de trabalho (CTPS);
  • extrato das contas do FGTS dos dois últimos anos;
  • autorização para movimentação das contas vinculada ao FGTS;
  • declaração do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) atestando que se trata da primeira compra de imóvel para uso residencial.

Para concluir, se você acha que já está hora de conquistar a casa própria, você precisa conhecer os diferenciais da Direcional. Nossos profissionais têm vasta experiência e já ajudaram inúmeros clientes a obter o financiamento pelo Casa Verde e Amarela. Afinal, são quase 40 anos construindo e entregando imóveis de excelente qualidade, em empreendimentos modernos — sempre dentro do prazo e conforme estabelecido em contrato.

Agora é com você: caso queira descobrir todas as possibilidades dessa parceria de confiança e credibilidade, entre em contato! Estamos à disposição, inclusive, pelo WhatsApp!