• cozinha de apartamento pequeno

10 dicas para a decoração de cozinha em apartamento pequeno

Vez ou outra, sentimos a necessidade de repaginar o visual de um ambiente, deixando-o mais bonito e funcional. Afinal, escolher bem a decoração e os móveis que compõem o ambiente é primordial para proporcionar bem-estar à família.

Quem vive em apartamento pequeno, normalmente, sente um pouco de dificuldade na hora de fazer a organização do lar. Isso porque com diversos móveis e eletrodomésticos, o ambiente pode acabar parecendo um tanto apertado. É nesse momento que pensar na disposição dos elementos faz toda a diferença.

Atualmente, existem algumas regras simples que podem ser seguidas para garantir um efeito bacana e deixar seu cantinho mais harmônico. Por isso, para quem está com planos de investir na decoração da cozinha de apartamento pequeno, é importante dar atenção a algumas dicas básicas.

Quer saber quais são elas? Neste artigo, apresentaremos 10 sugestões para a decoração da sua cozinha. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O guia das cores na decoração-02

1. Pense no desenho do espaço

Não é de hoje que a cozinha é vista pelos moradores como um ambiente social. É nesse local que a família consegue se reunir e até receber os convidados para uma confraternização. Uma tendência que vem dominando o universo do design de interiores diz respeito às ilhas.

Posicionadas no meio do ambiente, essas estruturas funcionam como uma bancada central, composta por cadeiras, pia e fogão. Em um imóvel pequeno, elas podem servir como uma verdadeira divisória entre a cozinha e a sala de estar, sendo ideais para os anfitriões que desejam preparar as refeições e, ao mesmo tempo, interagir com as visitas.

Outra ideia interessante é investir em móveis feitos sob medida, porque além de proporcionar um bom acabamento e uma perfeita harmonia no espaço, eles atendem à maioria das especificidades. Assim, é possível aproveitar todo o espaço disponível na cozinha.

2. Invista na iluminação

Considerar a iluminação é extremamente importante, uma vez que, além de sua utilidade funcional, ela também pode deixar o ambiente mais amplo. Na cozinha, não estamos falando apenas das luzes artificiais, mas também, da iluminação natural. Por isso, é importante manter as janelas descobertas.

Para as luzes artificiais, prefira as lâmpadas de tonalidade branca, que podem ser instaladas em spots ou em fitas de LED no entorno da pia ou bancada. Já se preferir um sistema tradicional, a luz central é sempre bem-vinda e pode surgir em uma luminária que esteja de acordo com o restante do visual.

3. Utilize móveis planejados

Os móveis planejados se tornaram uma febre no universo da decoração na cozinha. Entender tamanho sucesso é simples: eles conseguem aproveitar ao máximo as dimensões do ambiente, sem perder espaço ou comprometer a circulação de pessoas. Armários, balcões, bancadas, mesas, gabinetes e outras peças fazem parte dessa proposta.

Outro ponto interessante é que elas podem ser confeccionadas de acordo com o gosto dos moradores, ou seja, é possível escolher cada detalhe para a concepção do ambiente de forma estratégica e prática. Atualmente, os clientes conseguem escolher desde o material das suas estruturas, até as suas cores, acabamentos, tipos de puxadores e demais detalhes.

Uma dica é tirar todas as medidas e sempre avaliá-las antes de tomar a decisão sobre determinado acessório. Além disso, dê preferência aos móveis funcionais, independentemente de serem planejados ou modulares, pois eles ocupam menos espaço e exercem diferentes funções.

4. Aproveite os espaços verticais

Nos apartamentos pequenos, a regra é clara: independentemente do cômodo, é preciso explorar ao máximo o espaço vertical. Isso significa que as suas paredes precisam ser vistas com outros olhos.

Em vez de investir somente em móveis apoiados no chão, considere apostar em estruturas capazes de usufruir da área livre verticalmente. Prateleiras e nichos são bons exemplos disso. Ao optar por essas peças, você terá mais metragem para organizar os seus pertences, mantendo as demais áreas mais livres, com um toque “clean” e uma proposta bem aconchegante.

Se puder, considere também incluir outros adornos, capazes de realçar o seu estilo de decoração. Quadros, pôsteres ou, até mesmo, painéis de hortas suspensas cumprem muito bem essa função. Tudo isso, sempre prezando pelo equilíbrio e evitando cometer exageros, combinado?

5. Priorize a organização

Para quem deseja economizar um bom espaço, a organização e os cuidados com a casa são fundamentais. Em se tratando de cozinha em apartamento pequeno, esse detalhe é ainda mais importante. Afinal, um ambiente bem organizado é sinônimo de conforto e harmonia para o imóvel.

Portanto, daqui para frente, não deixe de manter o seu ambiente bem arrumado, com as louças guardadas no armário, a mesa limpa e os utensílios posicionados em seus devidos lugares. Panelas, copos, talheres e demais itens devem estar separados, seja em gabinetes, seja em gavetas ou prateleiras.

O seu móvel não tem uma boa quantidade de divisórias? Tudo bem! Quando isso ocorrer, considere comprar peças avulsas, que possam facilitar essa tarefa.

6. Defina um estilo de decoração

Definir o estilo de decoração é, certamente, um momento de muita dúvida para quem pretende redecorar ou quem está no processo de finalização da obra. Isso porque a ideia é que a cozinha seja um ambiente agradável tanto para preparar refeições quanto para interagir com a família e receber amigos.

Entre os principais estilos existentes, podemos citar:

  • cozinha americana;
  • cozinha contemporânea;
  • estilo escandinavo;
  • cozinha retrô;
  • cozinha com estilo rústico;
  • estilo de decoração asiático;
  • cozinha minimalista.

Uma boa alternativa é apostar em uma cozinha com estilo americano, que consiste em um ambiente integrado à sala de jantar, contando com uma bancada ou uma ilha que ajude a separar os diferentes espaços. Esse modelo de cozinha é ótimo para incluir quem está preparando a comida aos demais integrantes.

Além disso, é importante destacar que os espaços mais simples aparentam um local maior, o famoso “menos é mais”. Isso ocorre porque eles são planejados a partir de poucos elementos, causando uma estética que se aproxima do minimalismo. Não se esqueça de reduzir a quantidade de itens à mostra para transmitir uma ideia de local limpo, organizado e espaçoso.

7. Saiba quais são suas necessidades

Contar com um ambiente que atenda às suas necessidades específicas, e ainda seja bonito e funcional, é algo que realmente deve ser valorizado. Para aproveitar bem todo o espaço da sua cozinha e ter certeza de que está de acordo com o que precisa, os detalhes precisam ser escolhidos com muito cuidado.

O segredo é saber definir o que cabe no espaço disponível, o que é relevante para as atividades diárias e, assim, adequar ao seu estilo de decoração preferido. Lembre-se de que a decoração do seu apartamento não é apenas uma forma de deixá-lo mais bonito e convidativo, mas sim, uma possibilidade para trazer mais qualidade de vida e bem-estar para todos.

Cabe ressaltar a importância de contratar um profissional para fazer a decoração da cozinha conforme o espaço, a necessidade dos moradores e as tendências do mercado atual para deixar o ambiente mais aconchegante. Desse modo, não meça esforços para dar ao seu lar um estilo e personalidade única.

8. Use cores claras

Tendo em vista o ambiente reduzido da cozinha, o ideal é investir em cores mais claras para passar uma sensação de amplitude no local, isto é, fazer com que ele pareça maior. Nesse caso, se você tem dúvida sobre qual cor utilizar na decoração, vale a pena levar em consideração a possibilidade de organizar as principais superfícies do ambiente com tons discretos e mais suaves.

Os tons como branco, creme, bege, amarelado e cinza são ideais para usar nas paredes, no piso e no teto. Ao focar essas cores, você cria uma base neutra favorável para receber texturas diferentes e até de cores mais chamativas nos objetos.

Além disso, as cores claras refletem melhor a luz do sol e das lâmpadas. Por isso, elas ampliam a noção de espaço aberto, arejado e fresco, ideal para um lugar compacto.

9. Tenha cuidado com o espaço de circulação

O espaço de circulação é um fator importante, que não deve ser ignorado na decoração dos cômodos, inclusive das cozinhas de apartamentos pequenos. O ideal é que haja, no mínimo, 70 centímetros livres para facilitar a circulação de pessoas.

Por isso, em imóveis pequenos, é sempre bom tentar manter os móveis, bancadas, balcões e eletrodomésticos, como geladeira, fogão e micro-ondas, mais próximos da parede, criando uma área de circulação central. Além de apresentar um formato que favoreça o seu tamanho, como em L, em U, conceito aberto, entre outros.

10. Opte por utensílios práticos

Para otimizar o espaço disponível na cozinha, os utensílios devem se encaixar perfeitamente no ambiente, ou seja, os itens precisam estar devidamente organizados para melhor aproveitamento do espaço.

Alguns aspectos básicos fazem muita diferença na hora de decorar a cozinha e facilitar o trabalho. Entre eles, comprar divisórias, usar a parede para pendurar utensílios, acrescentar organizadores nas portas dos armários, escolher portas de correr, optar por mesa retrátil ou volante e padronizar potes e vasilhas.

Viu como a decoração de uma cozinha de apartamento pequeno pode ser mais fácil e prática do que se imagina? Com todas essas dicas apresentadas, não temos dúvida de que a sua decoração ficará muito mais bonita e funcional. É só colocar as nossas recomendações em prática e adaptá-las conforme as necessidades do espaço!

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais. Assim, você ajuda os seus amigos a também dominarem o assunto!