• reparos domésticos

Cuidados com a casa: quais manutenções podem ser feitas?

Seja por economia, seja por vontade de aprender uma nova atividade, cresce cada vez mais a quantidade de moradores que realizam pequenos reparos domésticos para manter os cuidados com a casa. Essa atitude evita que situações emergenciais sejam frequentes, oferecendo maior tranquilidade para todos da residência.

Para aqueles que buscam manter o equilíbrio físico e emocional, realizar alguns reparos na casa é uma prática muito bem-vinda. Mas, afinal, quais manutenções podem ser feitas em um imóvel? A resposta é simples: muitas! Você pode, por exemplo, aproveitar o tempo livre para melhorar a decoração ou fazer uma reforma de prevenção.

Além disso, a maioria desses reparos podem ser feitos com equipamentos simples, daquela sua velha caixa de ferramentas. Por isso, em algumas situações, você mesmo pode assumir o papel do profissional e resolver os pequenos reparos domésticos, sem precisar de ajuda.

Pensando nisso, criamos este post com algumas dicas que farão toda a diferença na hora de realizar as manutenções na sua casa. Acompanhe e saiba mais!

1. Reparos em móveis

Um dos principais cuidados com a casa diz respeito ao reparo de móveis. Sabe aquela poltrona antiga, com tecido já desgastado, e que está esquecida no canto da sua sala? Ela pode receber uma nova capa ou revestimento de tecido.

Também é possível realizar reparos menores, seja em uma cadeira de madeira, seja em uma mesa ou qualquer outra mobília que tenha sido danificada. Com algumas camadas de tinta ou uma simples lixada, você pode transformar uma peça velha, dando a ela a chance de ser usada novamente com muito estilo e capacidade de embelezar qualquer cômodo.

Para tanto, é importante contar com certas ferramentas e produtos. Caso não tenha alguns, considere comprá-los pela internet com entrega. Veja:

  • lixa para móveis;
  • spray ou tinta para revestimento;
  • pregos e martelo;
  • parafusos;
  • verniz.

Com alguns cuidados preventivos, você evita que seus móveis quebrem ou se desgastem, assim como os conserva bonitos por muito mais tempo, deixando a sua casa sempre organizada e com a aparência mais agradável.

2. Mudanças na decoração

Às vezes, poucas mudanças realizadas na decoração podem causar verdadeiros milagres em um apartamento. Além de repaginar o espaço, determinadas técnicas são ótimas para deixá-lo mais aconchegante, agradável e funcional, facilitando assim a rotina de todos os seus moradores.

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, você não precisará de um arquiteto ou designer de interiores para fazer pequenas mudanças. Com truques simples e práticos, será possível deixar qualquer cômodo “de cara nova” e pronto para que toda a família tenha mais tranquilidade. É possível, por exemplo:

  • mudar a mobília de lugar;
  • adquirir novos objetos decorativos em lojas virtuais;
  • instalar nichos e prateleiras, que são ótimos para otimizar o espaço;
  • criar uma parede repleta de quadros ou fotos da família;
  • pendurar espelhos para aumentar a sensação de amplitude;
  • trocar a cortina;
  • montar uma luminária;
  • revestir os azulejos com adesivos coloridos;
  • pintar a parede.

Essas são apenas algumas das diversas opções que você pode realizar na decoração da casa. Como existem muitos estilos e formas de ornamentar uma casa e deixá-la com a cara dos moradores, é interessante ficar de olho em dicas de decoração e tendências atuais!

 3. Contenção de vazamentos

Quando não cuidado corretamente, o encanamento de uma residência pode causar problemas para os moradores. Viver em um imóvel com constante vazamento de água não é somente algo incômodo, mas causa muitos prejuízos financeiros. Para evitar que isso ocorra, considere investir em algumas técnicas de prevenção, mantendo a sua rede hidráulica sempre intacta.

Comece resolvendo as infiltrações. Normalmente, esses problemas são causados por tubulações antigas que, com o tempo, acabam se rompendo. As infiltrações podem danificar a estrutura das paredes e, até mesmo, causar mofo, que gera contratempos de saúde aos moradores. Logo, se alguém da sua família tiver essa expertise, tente trocá-las em seu tempo livre.

Lembre-se, ainda, de ficar de olho nos registros e nas torneiras. Quando não passados por uma manutenção detalhada, eles conseguem causar vazamentos nada agradáveis. O ideal é limpar muito bem essas instalações, substituir as peças já deterioradas e sempre contar com o acompanhamento de um especialista para não piorar a situação.

4. Cultivo de plantas e hortaliças

Cultivar plantas em casa é uma excelente dica para quem gosta de trazer a natureza para dentro de casa. Charmosas, coloridas e ótimas para adicionar frescor ao lar, elas podem ser acomodadas em vasos decorados, suportes, prateleiras, nichos ou em uma “parede viva”.

Entretanto, antes de adquirir as mudas, analise as necessidades e especificações de cada espécie. É possível encontrar folhagens e hortaliças que se desenvolvem melhor em ambientes fechados. Já outras só conseguem ser saudáveis em áreas abertas e com boa iluminação solar.

Se sua casa for pequena, por exemplo, opte por plantas fáceis de cuidar e vasos que podem ser fixados em alguma estrutura, como painéis com plantas ou uma horta vertical feita de pallets.

5. Desentupimento de pias

O entupimento de pias e ralos é muito comum nas residências, seja pelo acúmulo de materiais orgânicos, seja por alguma falha na instalação, e podem acabar trazendo grandes transtornos aos moradores. Para resolver essa situação, a primeira coisa a ser feita é identificar qual a causa do problema.

Observe se há mau cheiro no local, acúmulo de restos de alimentos ou, ainda, se houve alguma obstrução no canal. Pequenos entupimentos podem ser solucionados apenas com um desentupidor. Porém, se a situação parecer pior, tente jogar a famosa mistura de bicarbonato de sódio e água fervendo.

Em casos mais extremos, limpe a pia retirando o sifão. Coloque um balde por baixo para captar a água parada no cano e lave-o bem, retirando toda a sujeira. Quando for colocá-lo novamente, utilize um veda rosca para garantir que não vai vazar.

Em vez de repetir todo esse trabalho de desentupir frequentemente, o ideal é evitar que essa situação aconteça. Para isso, retire os restos de comida dos utensílios, não despeje óleo diretamente na pia, evite pentear cabelos na pia do banheiro, entre outros.

6. Trocar a resistência do chuveiro

A resistência do chuveiro é a peça essencial no processo de aquecimento da água. Se ela estiver queimada, a água permanece na temperatura da caixa d’água, o que pode não ser muito interessante para quem gosta de tomar aquele banho quente.

Assim como na troca de lâmpadas, para substituir a resistência do chuveiro, é necessário desligar o disjuntor do banheiro. Em seguida, siga as instruções de instalação apresentadas na embalagem e no manual do dispositivo. Ou você pode assistir um tutorial na internet, explicando todos os passos para realizar a troca. O importante é não desistir!

Lembre-se de seguir as recomendações de uso dos fabricantes, adquirindo peças originais e certificadas. Assim, é possível garantir segurança e maior durabilidade do equipamento.

7. Instalação de lâmpadas

Antes de iniciar qualquer tarefa que envolva eletricidade, lembre-se de desligar todos os disjuntores daquele ambiente da casa para eliminar o risco de choque elétrico. Se você não souber qual é o disjuntor do cômodo, basta testar todos até cortar a energia do local específico.

Grande parte das residências apresenta lustres ou luminárias, então, tente não ficar exposto ao desparafusar o objeto. Depois disso, é só trocar a lâmpada, segurando na parte de vidro e enroscando-a. Ligue novamente o disjuntor para testar se deu certo.

É importante conhecer a voltagem do lugar onde você mora, para escolher as lâmpadas corretas, que funcionam com determinada tensão. Caso contrário, o equipamento pode queimar ou ficar subutilizado. Outra alternativa é investir em lâmpadas de LED, pois são mais eficientes.

8. Reparos elétricos

Como os reparos elétricos podem apresentar certo risco, o ideal é contratar um profissional para verificar a fiação. Porém, alguns trabalhos básicos de prevenção, como ficar de olho em problemas elétricos constantes e cuidar das instalações, podem ser feitos por qualquer pessoa, além de ajudar a manter o bom funcionamento da casa.

Afinal, realizar os reparos necessários o mais rápido possível pode minimizar os danos e evitar problemas mais graves. Esses pequenos reparos elétricos não podem ser negligenciados, pois garantem a sua segurança e da sua família.

9. Melhorias no aspecto das paredes

Se o problema for apenas no acabamento, como paredes descascadas, rachaduras ou mofos, alguns procedimentos serão suficientes para trazer um novo aspecto à parede. Você vai precisar somente de massa corrida, espátula e lixa de parede, um tipo de conserto simples que serve para cobrir buracos e imperfeições.

Além disso, também é possível pintar as paredes. Apesar de parecer uma tarefa complicada, com alguns materiais e as dicas necessárias, o trabalho pode se tornar divertido, garantindo o resultado desejado. Para isso, providencie os seguintes materiais:

  • pincel;
  • rolo de lã sintética ou de carneiro;
  • recipiente para tinta;
  • lixas para tirar imperfeições;
  • fita crepe;
  • jornal ou papelão para cobrir o piso.

Não se esqueça de escolher os produtos adequados para cada tipo de superfície, pois existem diferenças entre as tintas. Nas paredes internas da casa, prefira aquelas à base de água, na cor de sua preferência.

Para renovar o ambiente sem grandes reformas, uma ótima dica é investir na decoração das paredes. Quadros, pôsteres, papel de parede, porta-retratos e, até mesmo, itens para pendurar dão uma cara nova para a parede apagada.

É importante ressaltar que, na maioria das vezes, serão necessários alguns itens básicos para realizar os reparos, tais como martelo, chaves de fenda, furadeira, alicate, entre outros. Nesse caso, você pode adquirir um kit de ferramentas padrão, assim, conseguirá fazer as atividades mais complexas.

Viu só? Investir nos cuidados com a casa pode ser mais fácil do que parece. Aproveite os seus momentos com a família para caprichar nos detalhes e facilitar a rotina de todos!

Gostou do nosso post? Quer receber mais conteúdos como este? Então, cadastre-se para assinar a nossa newsletter! Você receberá todas as atualizações na sua caixa de entrada e ficará por dentro do assunto!