• regras de boa convivencia em condominio

Conheça as 5 regras de boa convivência em condomínio

Você tem dúvidas quando o assunto é sobre as regras de boa convivência em condomínio? Muitas pessoas que nunca moraram em apartamento ou estão há pouco tempo em um costumam ficar em dúvida em relação a elas, temendo até não conseguirem se acostumar e se adaptar ao regimento interno.

Pensando nisso, trouxemos cinco regras que figuram entre as mais comuns, para você conhecê-las e ver como elas são fundamentais para manter o equilíbrio, o bem-estar e a qualidade de vida de todos os moradores. Acompanhe!

Entenda as regras de boa convivência em condomínio

Neste tópico, você vai conferir algumas das mais importantes regras de boa convivência em condomínio que são implementadas por todo o país. Fique atento a cada uma para já ir se familiarizando.

1. Controle do barulho nos apartamentos e nas áreas externas

A primeira delas é o controle do barulho nos apartamentos e nas áreas externas. Em geral, é estabelecido um horário padrão para que ele possa ocorrer sem causar transtorno aos demais. Por exemplo, das 08 às 22 horas de segunda a sexta e das 08 às 23 horas no sábado e domingo.

Por barulho, podemos considerar música nas residências, redecoração dos apartamentos, movimentação no salão de festas, crianças no condomínio brincando no playground etc. No entanto, é preciso redobrar a atenção com os ruídos produzidos dentro dos imóveis, como os sons de animais, o quebra-quebra comum em obras ou aquela zoada que ocorre ao se receber muitas visitas em casa.

Isso porque, sem querer, você pode tirar o sossego de um vizinho que trabalha de casa, faz plantões à noite e descansa de dia, estuda para as provas da escola/faculdade ou está adoentado e precisando de repouso. Nessas horas, empatia é fundamental.

2. Reformas dentro de horários e dias previstos

Há pouco, a gente falou sobre obras, mas aqui complementaremos o assunto. O regimento interno do condomínio costuma ser bem específico sobre quando as reformas devem ocorrer. Para se ter uma ideia, é comum que ele priorize o horário comercial de segunda a sexta, pois é quando a maioria dos moradores está fora de casa, cuidando de compromissos pessoais e/ou trabalhando.

No entanto, o fim de semana pode ter limitações extras para as obras. Por exemplo, acordar que elas não ocorram no sábado e no domingo ou, pelo menos, em um desses dias. O objetivo por trás dessas normas é reduzir, ao máximo, o barulho e o incômodo dos seus vizinhos, principalmente em momentos de descanso e lazer com a família.

3. Circulação de animais sob vigilância constante

Quem tem pets em apartamento precisa ficar esperto: é essencial que eles não sejam soltos nas áreas de convivência do condomínio, como corredores, elevadores, espaços de lazer e portaria. Afinal, podem se perder, escapar para a rua, se machucar ao cair de grandes alturas ou então ferir alguém caso fiquem assustados e se sintam ameaçados.

Por isso, é indispensável que eles sempre estejam de coleira e devidamente identificados. Além disso, é recomendado que os de pequeno e médio porte sejam levados nos braços. Já para aqueles grandes e com comportamento mais agressivo, é de extrema importância o uso de focinheira para a segurança do animal e das pessoas.

4. Descarte adequado do lixo pelos moradores

O descarte do lixo deve ser feito de forma consciente, pois contribui para deixar as áreas compartilhadas organizadas e limpas e, de quebra, ainda ajuda a coleta seletiva da sua cidade. Portanto, lembre-se de depositá-lo sempre nas lixeiras, respeitando a indicação do material que elas podem receber — orgânico, vidro, metal, plástico etc.

Outro ponto importante é que nunca, em hipótese alguma, restos de comida, embalagens ou mesmo sacos de lixo podem ser arremessados pelas janelas, varandas e sacadas.

5. Utilização correta da garagem no dia a dia

Por fim, mas não menos importante, há a regra da utilização da garagem. Ela consiste, basicamente, em alguns pontos importantes para a segurança de todos os moradores. O primeiro deles tem a ver com a circulação de crianças ou pets no local.

Ambos só devem ficar na garagem quando estiverem acompanhados de um responsável. Além disso, não é permitido que o espaço seja usado para brincadeiras ou diversão da garotada, pois, como você sabe, há entrada e saída de veículos constante ao longo do dia — o que representa um risco sério de acidentes se não houver esse controle.

Já o segundo tem relação com a velocidade máxima (geralmente, até 20km/h) que o motorista deve obedecer enquanto dirige dentro da garagem, seja para estacionar o carro ou moto, seja para sair do condomínio.

O motivo disso é bem simples. Em alta velocidade, você pode acabar se chocando contra outros automóveis, batendo em alguma pilastra ou coluna do edifício, ou ainda pior: atropelando, sem querer, algum vizinho ou visita dos demais moradores. Portanto, tenha bastante atenção sempre!

Conheça o app Vizinho Amigo

Sempre pensando em facilitar a harmonia no condomínio e promover a qualidade de vida dos moradores, a Direcional desenvolveu o app Vizinho Amigo. Um aplicativo que contribui para você estreitar a relação com os demais condôminos, fazendo valer o que diz o nome dele: não só vizinhos, mas também amigos. Para tanto, ele permite uma série de funções, como:

  • oferecer (e conseguir) uma carona amiga para quem vai ao mesmo destino que o seu, ajudando a poupar gastos com transporte ao longo da semana;
  • divulgar a venda de produtos novos e seminovos, como aquele item decorativo que você não usa mais e está só ocupando espaço no seu lar;
  • ofertar serviços que você pode realizar, como o preparo de lanches e refeições, produção de maquiagem e cabelo para festas e por aí vai.

Como vimos, as regras de boa convivência em condomínio ajudam não só a evitar problemas com vizinhos, mas também a manter o local mais seguro, higiênico e sossegado — características que são fundamentais para você e a sua família terem qualidade de vida. Por isso, vale a pena se inteirar de antemão sobre todas elas.

E se você gostou desse app e quer saber mais sobre ele, não perca tempo: acesse a página do Vizinho Amigo e confira todos os detalhes!