• metas financeiras

Como definir metas financeiras para 2021?

O ano de 2020 chegou ao fim e, agora, muitas pessoas já estão de olho nos sonhos programados para 2021. E um dos planejamentos diz respeito às metas financeiras. Como bem sabemos, não é raro encontrar indivíduos com dificuldade para poupar dinheiro e, assim, alcançar os seus objetivos.

Mas a parte boa é que, por meio de alguns truques e uma base em educação financeira, é possível driblar esse problema e, finalmente, colocar toda a vida “nos trilhos”. Dessa maneira, será possível não só conquistar inúmeros objetivos, mas ter mais tranquilidade e evitar dores de cabeça com as temidas dívidas, os juros excessivos e por aí em diante.

Por essa razão, resolvemos dividir alguns truques com os nossos leitores. A seguir, descubra mais sobre as metas financeiras e os melhores caminhos para definir as suas no próximo ciclo que se inicia. Vai valer a pena!

O que são metas financeiras?

Não tem mistério: uma das grandes maneiras de poupar dinheiro e, consequentemente, conquistar seus sonhos é investir na prática das metas financeiras.

Basicamente, o termo diz respeito a pequenas atividades que, com o tempo, conseguirão ajudar você a conquistar seus principais objetivos. Como exemplo, podemos destacar a compra de um apartamento ou de um automóvel, a realização de uma viagem, o início de um curso superior e por aí em diante.

Em linhas gerais, o objetivo é o que você pretende alcançar a partir de seu esforço. Já as metas financeiras são tarefas secundárias e que vão te ajudar a trilhar esse caminho com mais eficiência e sabedoria em curto, médio e longo prazo.

Como definir as metas financeiras para 2021?

Para traçar uma boa meta financeira, é preciso considerar alguns pontos importantes, como prioridades, situação econômica, desejos e prazos. A seguir, vamos te contar mais sobre como colocar tudo isso em prática. Anote!

Organize o orçamento

Para começar, nada melhor do que organizar seu orçamento. Nesse caso, é preciso analisar todos os seus ganhos e gastos e, posteriormente, colocá-los em uma tabela. Um truque interessante é dividir toda a sua renda fixa em três partes distintas.

Na primeira, estão as contas básicas e que devem ser pagas. Depois, vem o dinheiro para investir e, por último, a reserva financeira, também conhecida como poupança. Desse modo, será possível estabelecer alguns limites e ter mais disciplina para manter esse hábito durante os próximos meses.

Saiba como economizar

Um dos grandes vilões das metas financeiras são os gastos por impulso, ou seja, aquelas compras que realizamos sem pensar e, depois, nos arrependemos.

Para evitar que esse tipo de situação ocorra, o ideal é jamais adquirir um produto novo apenas porque ele está em promoção. Ou então, porque é um lançamento e “todos estão usando”. Em vez disso, comece a analisar, de fato, a necessidade daquela compra, ponderando se, em longo prazo, o item será realmente útil em sua rotina.

Pague as dívidas

Não basta poupar dinheiro, para ter êxito em suas metas financeiras é preciso quitar as dívidas. Caso tenha prestações em aberto, taxas pendentes ou mensalidades atrasadas, não pense duas vezes e comece a organizá-las, estabelecendo quais são as contas de maior prioridade e que devem ser pagas rapidamente.

Para tanto, você pode elencar as suas dívidas em uma planilha, com os seus respectivos prazos para juntar dinheiro e colocá-las em dia. Inclusive, existem vários aplicativos que facilitam essa atividade, sabia?

Aqui, também é aconselhável evitar as compras parceladas, pagar o mínimo do cartão de crédito ou refinanciar o valor em aberto, o que pode acarretar juros monstruosos. Fique de olho!

Defina objetivos

Por último, e não menos importante, saiba muito bem quais são os seus objetivos ao investir nas metas financeiras. O seu sonho é conquistar a independência financeira e comprar a casa própria? Ou então, você tem planos de reformar a casa e repaginar os ambientes?

As possibilidades são inúmeras, portanto, é necessário colocá-las na ponta do lápis para que todos os planos possam ser vistos de um modo claro. Só não se esqueça que, para conseguir ter sucesso com as metas financeiras, elas devem estar dentro de sua realidade e condições atuais.

Como vimos, por meio de um bom planejamento financeiro familiar é possível ter um desempenho financeiro melhor e fazer com que aquele sonho distante fique cada vez mais próximo. Tendo foco e persistência, você conseguirá mudar de vida!

Caso tenha gostado das dicas sobre metas financeiras e queira continuar se aprofundando no tema, aproveite para acessar nossa calculadora de objetivos e ter mais facilidade nesse processo!